quarta-feira, 31 de maio de 2017

Minuto de Silencio

Minuto de Silêncio leva podcast para o palco do teatro. Quebrando a barreira da internet, programa de humor online se aproxima de ouvintes com gravações ao vivo

Há 13 anos de quando surgiu o termo “podcast”, milhares de pessoas têm preferido ouvir as rádios online ao tradicional sinal FM. A chegada de novas tecnologias, a falta de qualidade na transmissão e a precariedade nos assuntos abordados nas rádios impregnadas de comerciais fizeram com que o ouvinte tivesse o interesse em criar sua própria rádio ou ouvir a música ou assunto do seu interesse em uma rádio criada por alguém.

O Minuto de Silêncio surgiu em 2014 e até hoje já passaram mais de 100 convidados, desde comediantes renomados como Marcius Melhem e Fernando Caruso a novos nomes do stand up, roteiristas de humor, atores, diretores e personalidades da internet. “Nesses quase três anos já conquistamos uma legião de ouvintes que aguardam ansiosamente por um novo episódio toda quarta-feira”, enfatiza.

A evolução do podcast não para por aí. Dialogar com o público exige sempre maior proximidade com ele. Para ter um maior contato com seus admiradores, os antigos programas de auditório das rádios promoviam gravações ao vivo com participação dos ouvintes nas cadeias de um auditório do estúdio ou de um teatro. E apesar de toda a facilidade de interação que a internet possibilita, não parece ser suficiente para o fã dos podcasts.
Seguindo o caminho dos programas de auditório, essa também pode ser uma tendência na internet. Partindo dessa percepção, o Minuto de Silêncio alugou o Teatro Henriqueta Brieba, localizado no Tijuca Tênis Clube, para realizar sua primeira edição ao vivo com presença dos ouvintes no auditório. 

“Sair da internet foi uma demanda do próprio público. Eles pediam mais contato, encontros, interatividade presencial também. Começamos a pensar o Minuto de Silêncio ao vivo meio de brincadeira e, quando vimos, 200 ingressos já estavam esgotados num piscar de olhos”, relata Vinícius. 

Em pouco tempo de existência comparado a outros podcasts, o Minuto de Silêncio viu-se crescer de forma animadora. Essa interação cada vez maior com o público, dentro e fora da internet, pode ser o fator do sucesso que o podcast vem adquirindo. “Isso vai na contramão do que se diz sobre as relações estarem cada vez mais frias e distantes. Houve um clamor por contato e pela ocupação do teatro para fazer podcast”, explica o roteirista.

Grupo pretende, em breve, lançar vídeos de comédia em seu canal no Youtube.

Site do podcast: http://www.minutodesilencio.com/